quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Muitos feriados mas os amigos sempre presentes em ato de solidariedade


Recepcionar os amigos presentes no Sábado Solidário da SAPE (SSS), conversar, discutir pontos dos trabalhos e das atividades da SAPE e prestar informações é uma alegria que se repete a cada mês, nos dando a força necessária para avançarmos no apoio às nossas crianças assistidas. O SSS de outubro, novamente aconteceu entre feriados prolongados, dias 12 (Dia Nossa Senhora Aparecida) e 16 outubro (Dia do Comerciário), mas, mesmo assim, tivemos uma presença significativa de amigos – 40 pessoas presentes – que nos proporcionou a arrecadação de 422 itens. Do conjunto de amigos que vieram, vale destacar que quatro deles são novos doadores. 

A quantidade de itens arrecadados, a presença dos amigos e de novos doadores, nos levam a crer, que estamos certos no processo de mobilização em prol de nossa causa com o crescimento de nossa rede. Mais uma vez ficamos felizes em ver como nossa comunidade busca, cada vez mais, juntar ações de solidariedade às suas atividades; muito do que recebemos provém de arrecadações em festas de aniversário e na mobilização pessoal junto à grupos pessoais ou profissionais. Além do benefício direto à SAPE, a mensagem de solidariedade se propaga!

O transcorrer das conversas com os presentes, versaram sobre os resultados junto ao nosso grupo de assistidos, repartindo-se com todos a notícia, que sempre nos enche de felicidade, sobre as duas crianças que estão fora de tratamento a partir de setembro/2017 por não terem sido contaminadas pelo HIV via transmissão vertical. Falamos, ainda, sobre o Projeto “Diálogo escolar” e a expansão do “Projeto Cheguei, tô indo par casa” para dar um novo enxoval ao nenéns que completarem seis meses. Também discutimos com a Direção do Hospital, presente no nosso SSS, sobre a realização do ato de Natal, repetindo o que fizemos no ano passado, com a iluminação da frente do HUGG por uma nova solução com feixes de lazer, apresentada pelo Dr Ferry, Diretor Geral do HUGG.     

Ainda como ponto alto neste mês, foi as discussões relativas a preparação para à realização da 12ª Festa do Dia das Crianças SAPE 2017, que terá como tema “Voar e sonhar” e acontecerá mesmo local de sempre, cedido gratuitamente pelo Exército Brasileiro. Por conta da dificuldade financeira a qual todos nós estamos submetidos, a festa será em tamanho menor que anos anteriores. As atividades serão em número reduzido e os itens de alimentação e bebidas em quantidades só para atender aos assistidos e os envolvidos na montagem da infraestrutura da festa. Esperamos ter a presença dos amigos motociclistas que sempre estão conosco, que estarão por lá por volta das 12hs, para alegrarem a gurizada como sempre fizeram. Fechando as discussões ocorridas nos SSS anteriores, decidimos que a festa não deve ter divulgação e chamadas em nenhum tipo de mídia (FB, WhatsApp e outros meios) para não parecer que é aberta.

Estamos aceitando contribuições para a cobertura de itens ainda em aberto da festa. Aqueles amigos que quiserem contribuir podem fazê-lo em qualquer valor, depositando na conta corrente da SAPE no Banco do Brasil (001), Agência 0093-0, Conta 41.418-2, CNPJ 068.621.556/0001-39. Quem preferir, também podem se candidatar a cobrir diretamente alguma despesa; nesse caso é só nos contatar via email sape.amigos@terra.com.br . Saibam que toda ajuda é sempre bem-vinda!

Nossos Sábados Solidários acontecem sempre no segunda sábado de todos os meses e o próximo será no dia 11 novembro, sempre junto à entrada principal do HUGG (há estacionamento no local para o nosso grupo). Fora isto, temos nosso plantão diário – 2ª a 6ª feira, das 09 às 13hs – na sala da SAPE, na Ala da Pediatria (com entrada pelos fundos do Hospital na Rua Silva Ramos, 100).


sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Programa da ONU elogia decisão do Brasil de debater prevenção combinada do HIV

César Nuñez, diretor regional do UNAIDS para América Latina e Caribe. Foto: UNAIDS
Em visita ao Brasil na última semana de setembro, o diretor do Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS) para América Latina e Caribe, César Nuñez, elogiou a decisão do país em definir a prevenção combinada como tema do 11º Congresso AIDS e 4º Congresso de Hepatites Virais (HepAIDS 2017). Escolha pode estimular outras nações da região a debater o uso simultâneo de estratégias diferentes para evitar a infecção por HIV.

Com cerca de 4 mil participantes, os dois eventos reuniram especialistas e gestores em saúde pública na cidade de Curitiba, de 26 a 29 de setembro. Entre as pautas das discussões, estavam as metas 90-90-90 da ONU para combater o HIV.

Assumidos pelos países-membros das Nações Unidas, esses objetivos preveem que, até 2020, 90% das pessoas vivendo com HIV estarão cientes de seu estado sorológico positivo, 90% dos indivíduos com o vírus estarão sob tratamento e 90% das pessoas em tratamento estarão com a carga viral indetectável.

Ao final de 2016, quatro em cada cinco pessoas vivendo com HIV na América Latina estavam cientes de seu estado sorológico positivo para o HIV (81%). Das pessoas diagnosticadas, 72% tinham acesso à terapia antirretroviral — o equivalente a 58% de todas as pessoas vivendo com HIV na região. Entre os indivíduos em tratamento, 79% tinham carga viral suprimida — o que se traduz em 46% de todos os que vivem com HIV na região.

A prevenção combinada é uma das frentes nas quais países latino-americanos podem investir para reduzir novas infecções e responder à epidemia.
“Congratulo o Brasil pelo tema escolhido para o Congresso. Quando o Brasil demonstra o compromisso no mais alto nível em relação à prevenção combinada, isso certamente acarretará um movimento positivo em outros países da América Latina e do Caribe”, afirmou Nuñez. Leia mais

Fonte: Site ONUBr
Publicada em 04/10/2017
Seção: Direitos Humanos

sábado, 30 de setembro de 2017

Nem o feriado prolongado de 7 setembro tirou o brilho do nosso Sábado Solidário

Nosso último Sábado Solidário, aconteceu no meio de num final de semana
prolongado por conta do feriado (7/setembro), mas nem isso fez com que deixássemos de ter a presença de um significativo número de amigos doadores e muitos acompanhados de familiares e amigos. Todos com aquele carinho e animação de sempre e recepcionamos também, novos doadores que lá compareceram. Tivemos bom número de itens arrecadados e doações creditadas diretamente em nossa conta corrente, por amigos que por algum motivo não puderam estar presentes.
  •  33 amigos presentes
  •  38 itens arrecadados
  •  08 amigos fizeram depósito em nossa conta corrente
  •  03 novos doadores
O tema das discussões do dia entre a Direção da SAPE e os doadores presentes, foi sobre a preparação da Festa do Dia das Crianças da SAPE, que esse ano completa a 12º festa, cujo tema básico desse ano será “Voar e sonhar” realizada no mesmo local e formato de sempre, voltada a integração lúdica e educativa das crianças, seus responsáveis e os amigos envolvidos, num espaço como se fosse um “Grande Aldeia” onde todos procuram ao máximo se ajudarem convivendo e respeitando as condições de cada um.

Como já havíamos acertados em SSS de meses anteriores, concluímos que faremos uma festa em tamanho menor que as anteriores por conta de custos e mais focada ao perfil de idade do grupo das crianças atualmente assistidas entre 3 e 6 anos. Já temos vários itens ofertas por amigos doadores como: alimentação – Cachorro quente, biscoito globo, Pipoqueiro e Barraca Doces de Festa. Itens de atividades como: (1) Pintura e confecção de origami, (2) Massagem Shantala, (3) Pé de livro, (4) Palhaços da Alegria e (5) Espaço para um circuito de brincadeiras diversas orientadas e a instalação de pula-pula e tobogã.

No tocante a forma de contribuição para a FDC SAPE 2017, não mais iremos repetir a forma de captação dos anos anteriores via a doação de cotas. Esse ano aqueles amigos que quiserem contribuir com a festa podem fazer através de contribuição de qualquer valor ou se responsabilizar por cobrir a despesa de uma atividade ou parte da mesma. Temos vários itens ainda sem cobertura (aluguel tendas, bebidas, bolo da festa, brinquedos pula-pula, tobogã, ambulância....) e quem quiser ajudar podem nos contatar via email sape.amigos@terra.com.br , pois todo ajuda é sempre bem vinda.

Conversamos sobre o nosso envolvimento junto a PIBSG que esse ano estará realizando no dia 24/setembro,  sua VII Festa Solidária em prol da SAPE e que tem como mote “Eu, me importo com as crianças soropositivo”. Iremos estar contribuindo com o bazar da festa deles, levando itens de vestuário e calçados (crianças e adultos) arrecadados junto a um grupo direto de nossos doadores.
Mais uma vez ficamos muito contentes com a mobilização para o incremento do número de doadores o que nos tem dado tranquilidade de manter o padrão de atendimento aos nossos assistidos. 

Estamos certos que a mobilização para o aumento da arrecadação de leite e de novos parceiros tem avançado e precisa continuar. Esse mês, tivemos a presença de dois novos doadores que nos conheceram os trabalhos da SAPE através de amigos e foram levar suas doações, arrecadadas em festa de aniversário, na mobilização pessoal junto à grupo de amigos pessoais próximos e atividades profissionais como os cursos para mecânicos reparados oferecidos pela Concessionária VW – Fiorenza, arrecadando uma lata de leite por participante.

Lembramos sempre, que quem não puder comparecer ao Sábado Solidário, pode fazer sua doação entregando-a diretamente na SAPE, em nosso plantão de 2ª Feira até 6ª feira das 09 às 13hs - Ala da Pediatria do Hospital Gaffrée e Guinle (com entrada pelos fundos do hospital na Rua Silva Ramos, 100) ou pode fazer a doação via depósito bancário na conta corrente da SAPE no Banco do Brasil (001). Agência 0093-0, Conta 41418-2, CNPJ 068.621.556/0001-39.


Pessoas de mais de 50 respondem por proporção maior de novos casos de HIV

Infecção e diagnóstico tardios trazem dificultam tratamento e elevam mortalidade em 
fenômeno observado tanto na Europa quanto no Brasil


RIO - Diz-se que o tempo e a experiência trazem conhecimento e sabedoria, mas no caso da Aids parece que tanto europeus quanto brasileiros com mais de 50 anos pouco aprenderam sobre prevenção, mesmo tendo vivido o que talvez tenha sido a pior fase da epidemia de HIV, entre as décadas de 1980 e 1990, quando contrair o vírus era praticamente uma “sentença de morte” a curto prazo. Lá e aqui, esta faixa etária responde por uma proporção cada vez maior dos novos casos da doença nos últimos anos, indicam os dados de vigilância.

E o fenômeno ainda tem o agravante de que muitas vezes não só a infecção como o diagnóstico são tardios, o que torna o tratamento menos eficaz e, consequentemente, a mortalidade maior, aponta estudo sobre a incidência do vírus em pessoas com mais de 50 anos na Europa publicado ontem no periódico científico “The Lancet HIV”. Segundos os pesquisadores, em 2015 cerca de 17%, ou um cada seis, dos novos casos da doença diagnosticados nos países da chamada Área Econômica Europeia (EEA, na sigla em inglês) — que inclui os 28 integrantes da União Europeia mais Islândia, Liechtenstein e Noruega — a cada ano são nesta faixa etária.

— Nossos achados sugerem uma nova direção em que a epidemia de HIV está evoluindo — diz Lara Tavoschi, pesquisadora do Centro Europeu de Prevenção e Controle de Doenças, na Suécia, e líder do estudo. — Isto é potencialmente resultado de uma baixa conscientização sobre o HIV e como ele é transmitido entre as pessoas mais velhas, o que gera noções errôneas sobre a doença e uma subestimação do próprio risco.

Leia mais aqui

Referencia:
Jornal O Globo / Saúde - 27/09-2017
Cesar Baima  

sexta-feira, 8 de setembro de 2017

UNAIDS: 19,5 milhões de pessoas estão em tratamento para HIV e mortes caem pela metade


O Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS) lançou nesta quinta-feira (20) um novo relatório que mostra, pela primeira vez, que o jogo virou: mais da metade de todas as pessoas que vivem com HIV no mundo (53%) agora têm acesso ao tratamento do HIV. Além disso, as mortes relacionadas à AIDS caíram quase pela metade desde 2005.

Em 2016, 19,5 milhões das 36,7 milhões de pessoas vivendo com HIV tiveram acesso ao tratamento, e mortes relacionadas à AIDS caíram de 1,9 milhão em 2005 para 1 milhão em 2016. Considerando a continuidade desses avanços, os dados colocam o mundo no caminho certo para atingir o objetivo global de 30 milhões de pessoas em tratamento até 2020.

“Alcançamos o objetivo de 15 milhões de pessoas em tratamento em 2015 e estamos no caminho para duplicar esse número para 30 milhões e alcançar o objetivo de 2020”, disse Michel Sidibé, diretor-executivo do UNAIDS. “Continuaremos a aumentar a escala dessa resposta para alcançar todas as pessoas que necessitam e honrar nosso compromisso de não deixar ninguém para trás.

A região que mostra maior progresso é a da África Oriental e Meridional, que tem sido a mais afetada pelo HIV e que representa mais da metade de todas as pessoas que vivem com o vírus no mundo. Desde 2010, as mortes relacionadas à AIDS diminuíram 42% na região. Novas infecções por HIV caíram 29%, incluindo um declínio de 56% nas novas infecções por HIV entre crianças durante o mesmo período — uma notável conquista resultante do tratamento do HIV e de iniciativas de prevenção que colocam a África Oriental e Meridional no caminho certo para acabar com sua epidemia de AIDS.

Leia mais clicando aqui

Fonte:
ONUBr - Nações Unidas Brasil
https://nacoesunidas.org/
Publicado em 20/07/2017
Contado: UNAIDS Brasil: Daniel de Castro, tel. +55 61 3225 0485 | decastrod@unaids.org

segunda-feira, 4 de setembro de 2017

Dia 09 setembro tem Sábado Solidário

Amigos, estamos às vésperas de um feriado, mas a barriguinha de nossas crianças não estão nem aí pra isso! 

Portanto, dia 09 setembro, esperamos vocês lá no nosso Sábado Solidário da Sape Amigos que tem por lema “onde os amigos se encontram”. Ajudando a divulgar já é uma força, compartilhe com uma mensagem junto a sua rede social.

quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Causas relacionadas à interrupção do tratamento anti-retroviral em adultos com Aids

Desde o advento da terapia anti-retroviral potente, houve redução comprovada da morbi-mortalidade das pessoas infectadas pelo HIV. No entanto, à medida que aumenta o tempo de utilização dos medicamentos, a fadiga é conseqüência comum e esperada, em decorrência do uso diário, da complexidade dos esquemas, das diferentes restrições e das mudanças sociais e mesmo físicas associadas ao tratamento. É fundamental identificar precocemente e discutir as diversas variáveis associadas à interrupção ou relaxamento na ingestão dos comprimidos para tentar corrigir falhas e evitar a resistência do HIV aos medicamentos.

Já são bem conhecidos os estudos que destacam o papel fundamental da adesão à terapia. Considera-se que a taxa de adesão deve ser superior a 95% para ser possível alcançar sucesso terapêutico, o que significa que o paciente deve, antes de tudo, compreender que sua participação precisa ser ativa, contínua e quase perfeita ao optar pelo início do tratamento.
Os achados do presente estudo indicam um percentual de adesão bem aquém deste valor, pouco menor do que o já encontrado no Estado de São Paulo (conforme citado no artigo), o que mais uma vez é surpreendente e lamentável, já que no Brasil os medicamentos são amplamente e gratuitamente distribuídos.

Como essa população estudada no Rio Grande do Norte era virgem de tratamento anti-retroviral e cerca de 52,4% dos casos já chegaram a um serviço especializado com alguma manifestação ou doença indicativa de imunodeficiência, é muito provável que tanto o diagnóstico como o tratamento tenham sido tardios, o que reforça a importância da ampliação e melhora da assistência que vem sendo oferecida, incluindo mais fácil acesso ao diagnóstico sorológico para assintomáticos e reconhecimento precoce da infecção pelo HIV pelos profissionais de saúde. A confiança depositada no sistema de saúde e na relação com os profissionais de saúde tem sido destacada como um dos pontos fundamentais para atingir as metas.

Leia mais clicando aqui

Fonte: 
http://www.scielo.br/
Revista da Associação Médica Brasileira
Print version ISSN 0104-4230On-line version ISSN 1806-9282
Rev. Assoc. Med. Bras. vol.52 no.2 São Paulo Mar./Apr. 2006
Dra. Márcia Rachi

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Mesmo sendo véspera do dia dos pais, o Sábado Solidário SAPE foi um sucesso!




Este Sábado Solidário SAPE, realizado no clima de véspera do dia dos pais foi mais uma vez, marcado por um clima especial de alegria e confraternização entre os presentes. Como sempre, foi proveitoso para todos, quanto às discussões sobre as atividades da SAPE e seus resultados e outros atos de solidariedade, no mesmo ambiente de amizade e informalidade, em que cada um chega ou sai no momento que quer, mas todos têm a oportunidade de apresentar suas ideias e opiniões. O evento tem sido uma atividade tão familiar que temos contado com a alegria da visita de muitas crianças, filhos de nossos doadores.

O ponto alto das discussões no SSS do dia 12/agosto, foi a preparação da Festa do Dia das Crianças da SAPE 2017, centrada no tema base “Voar e sonhar”, acertando-se seu formato para privilegiar as atividades de chão por conta da idade média da maioria das crianças assistidas, hoje entre 3 e 6 anos. Estamos pensando em ter a montagem de quatro tendas para as atividades: (1) Desenhos, Pintura e confecção de origami, (2) Massagem Shantala, (3) Pé de livro e (4) Palhaços da Alegria. Haverá a montagem de um espaço com um “parque infantil” e a instalação de pula-pula e tobogã.

No tocante a arrecadação do dia, as doações foram significativas, sobretudo no momento de dificuldade por que todos nós passamos, mas que nos dão condições para cobrir a demanda de entrega aos nossos assistidos no final do mês de agosto. Em complemento, registramos o depósito bancário das doações de vários amigos que por algum motivo estiveram impedidos de comparecer ou desejaram nos ajudar desta forma. E de destacar que temos recebidos doações em depósito de amigos que estão fora do Brasil, como o caso da família de surfistas que está morando no Havaí e todo mês, carinhosamente, lembram das nossas crianças.

Em números, tivemos o envolvimento de cerca de 64 doadores, dos quais 48 estiveram presentes no dia. A arrecadação chegou a cerca de 680 itens, sendo que 38% deles foram LEITE INTEGRAL, nossa maior necessidade nesse mês. Além das contribuições individuais, tivemos o resultado de algumas mobilizações de amigos. O grupo do Reynaldo, da VALE, e os amigos do IEN – um dos antigos doadores da SAPE –, trouxeram belas doações. Do mesmo modo, alguns amigos que fizeram aniversário, trocaram os presentes por doações. A soma de todas estas frentes é que faz, e sempre fez, a força da SAPE!

Por ser mês par, tivemos a presença de amigos motociclistas, dos quais alguns já se comprometeram no apoio a atividades para a FDC SAPE 2017 como a doação de itens de alimentação e a mobilização para levar a exibição dos cães amestrados da Guarda Municipal RJ. Registramos que no dia e horário do SSS, os motociclistas também estiveram envolvidos com a Motociata organizada pela FMCRJ contra a violência e pela paz no nosso estado que merece nossos
aplausos.

Também no sábado, o Hospital Universitário Graffré e Guinle sediou o "Simpósio Internacional em Reconstrução Mamária”, evento da UNIRIO em conjunto com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, que deu o pontapé inicial para o mutirão de cirurgias de restauração de mama, a serem realizadas no Hospital, beneficiando mulheres mastectomizadas no tratamento de câncer mamário. O encontro foi marcado pela participação dos mais reconhecidos cirurgiões desta especialidade e contou com a presença de várias autoridades, inclusive a primeira dama da cidade do Rio de Janeiro, Sra. Sylvia Jane Crivella, destacada pelo Prefeito para representa-lo justamente por ser mulher e melhor poder avaliar o alcance deste projeto. Na oportunidade, os participantes foram levados a conhecer os trabalhos da SAPE pelo Diretor Geral do HUGG Prof. FernandoFerry, ladeado pela Diretora da Escola de Medicina e Cirurgia da UNIRIO Profª Maria Marta Tortori.

Os Sábados Solidários da SAPE, acontecem sempre no segundo sábado de cada mês; fiquem atentos para o próximo, que acontecerá no dia 09 de setembro. Lembramos que as doações podem também ser entregues de 2ª a 6ª. feira, das 9 às 13hs, na sala da SAPE (Ala da Pediatria). As doações financeiras devem ser depositadas diretamente em nossa conta no Banco do Brasil (001), Agência 0093-0, Conta Corrente 41.418-2, Beneficiário Sociedade dos Amigos da Pediatria do HUGG.





quarta-feira, 16 de agosto de 2017

O que explica a disparada de infecções por HIV entre jovens brasileiros...

Fonte Ministério da Saúde - Arte/UOL
Quando Leo Cezimbra tinha 31 anos, seu rosto e seu corpo eram exibidos em uma campanha publicitária, com outdoors e chamadas na TV, na cidade gaúcha de Uruguaiana (631 km de Porto Alegre). Licenciado e bacharel em educação física e pós-graduado em gestão e organização de escola, dividia seu tempo entre as aulas em uma academia local e o trabalho de modelo. O corpo sarado não dava pistas de que estaria infectado pelo vírus HIV.

"Sempre fiz exames frequentes e tive relacionamentos longos. Já tive momentos em que eu fiquei solteiro e sempre me protegi. E só fui conviver com o HIV depois dos 30 anos. Não sei como fui infectado. É bem possível que tenha pegado de um ex-namorado", diz o professor e modelo, hoje com 35 anos --o teste que detectou a contaminação aconteceu em 2013.

Cezimbra, de família tradicional --a mãe é professora, e o pai, dono de uma loja de artigos para caça e pesca--, compõe um perfil que preocupa responsáveis pelos programas de combate às DST/Aids e entidades engajadas na luta pelo controle dessas infecções: a taxa de jovens infectados pelo HIV cresceu nos últimos anos, enquanto outras faixas de idades veem a diminuição desse número.

Leia mais clicando aqui

Referencia: Site UOL/Ciência e Saúde
Marcos Sergio Silva
Do UOL, em São Paulo 15/08/2017


terça-feira, 18 de julho de 2017

Sábado Solidário de julho foi cercado de novidades e muito leite

Como afirmado por um amigo, os Sábados Solidários da SAPE (SSS) cada vez mais se parecem com uma “audiência pública” em que se vislumbra a comunicação entre os vários amigos doadores e a direção da SAPE, discutindo-se pontos dos trabalhos da Sociedade e suas ações futuras, onde todos têm a oportunidade de apresentar suas ideias e opiniões. Nesses encontros, você chega e sai quando quiser, sem nenhuma obrigação determinante. E, sempre importante destacar, que dessas discussões já saíram dezenas de idieas e sugestões para a condução dos trabalhos da SAPE.

Para alguns, o SSS já é um programa marcado nas manhãs do segundo sábado de cada mês, antes da feira, da visita aos parentes mais mais idosos, ou do almoço em família, além da passagem dos motociclistas antes de seguirem para a estrada ou outro evento da categoria. De outra forma, também muito significativa, temos recebido o apoio de um conjunto de amigos que de forma permanente ou eventul, que ou por algum motivo se veem impedidos de comparecer fisicamente ao SSS ou por decisão própria, tem feito depósito bancário em nossa conta corrente.

Assim, a cada mês, atuam os corações solidários e generosos, que mesmo diante das ocupações em suas vidas, encontram condições de apoiar nossa causa, que leva conforto, ajuda a amenizar o sofrimento dos que convivem com a silenciosa e devastadora doença que é o HIV e num plano maior, se unem para a evitar a transmissão vertical do HIV para as crianças pela SAPE assistidas.

Entre a presenças de novos amigos e daqueles que carinhosamente sempre comparecem alguns levando seus filhos para conhecerem de perto o que é ser solidário, temos a destacar nesse último SSS, algumas situações positivas como a ação do casal Bruno e Keila que se casaram em junho/2017 e pediram como presente a doação de um valor que foi transformado em 252 latas de leite NESTOGENO TIPO 1 e 2 para a SAPE. Vários outros pontos relevantes aconteceram como a discussão de um lema para a Festa do Dia das Crianças 2017, sendo apresentadas várias ideias, concentrando-se em algo como “Voe para alcançar novos horizontes” “Sonhar e voar”. Para avançarmos na definição do lema da FDC, estaremos aceitando sugestões até o próximo SSS (12 de agosto 2017). Outro projeto que teve uma boa discussão e surgiram várias ideias para o mesmo, foi o relativo ao “Diálogo Escolar” que visa fortalecer o envolvimento dos responsáveis com a escola dos filhos.

Como registro do dia, tivemos o envolvimento de cerca de 48 amigos, dos quais 37 estiveram presentes no dia, proporcionando a arrecadação de cerca de 935 itens, sendo que 66% dos itens arrecadados, são relativos a nossa maior necessidade nesse mês, que são os leite especial tipo nestogeno 1 e 2. Tivemos também, uma boa arrecadação financeira registrada em nossa conta corrente, daqueles que, resolveram fazer a doação via depósito bancário na conta da SAPE.

A colaboração dos nossos doadores não tem preço. Todos os meses a arrecadação do Sábado Solidário, nos posiciona quanto ao estoque do mês e nos dá a tranquilidade de trabalhar na preparação dos kits mensais a serem distribuídos aos nossos assistidos.


Os Sábados Solidários da SAPE, acontecem sempre no segundo Sábado do mês; fiquem atentos para o próximo, que acontecerá no dia 12 agosto, véspera do dia dos pais. Lembramos que as doações podem também ser entregues diariamente – 2ª. às 6ª. Feiras, das 9 às 13hs, na sala da SAPE e a conta para os depósitos financeiros é: Banco do Brasil (001), Agência 0093-0; Conta Corrente 41.418-2: beneficiário: Sociedade dos Amigos da Pediatria do HUGG.


quarta-feira, 12 de julho de 2017

Príncipe Harry diz que é 'absurdo' a falta de conscientização sobre HIV

Harry durante visita à Escola de Higiene e de Medicina Tropical de Londres,
para discutir o combate a algumas das doenças que mais assolam
o mundo, como a Aids - Stefan Rousseau / AP
LONDRES — O príncipe Harry criticou o "absurdo" da falta de conscientização para os jovens sobre o HIV, dizendo que estes muitas vezes não sabem informações adequadas sobre o vírus até ser tarde demais.

Harry, de 32 anos, que se tornou um ativista proeminente de campanhas sobre HIV e Aids por meio de sua instituição de caridade Sentebale, criada em 2006 para ajudar crianças da África, disse que o HIV precisa ser tratado como qualquer outra doença e sem estigmas.

Dados mostram que cerca de 36,7 milhões de pessoas de todo o mundo têm o HIV, que é transmitido pelo sangue, sêmen e leite materno. Apenas cerca de metade delas tem acesso a tratamentos, e muitas não sabem ter o vírus.

— Para mim, é totalmente absurdo na sociedade de hoje que os jovens tomem conhecimento ou ouçam pela primeira vez sobre HIV e Aids quando provavelmente já é tarde demais — disse Harry durante uma visita à Escola de Higiene e de Medicina Tropical de Londres nesta semana.

A Aids é a segunda causa de mortes mais comum entre adolescentes em todo o mundo e a principal entre adolescentes de 10 a 19 anos na África, de acordo com o programa UNAIDS, da Organização das Nações Unidas (ONU).

A campanha de combate à Aids do príncipe britânico é uma continuação do trabalho de sua falecida mãe, a princesa Diana, que abriu a primeira unidade de HIV/Aids do Reino Unido em Londres em 1987 e gerou manchetes por apertar a mão e beijar um paciente com Aids durante uma visita a um hospital.

Harry, que é o quinto na linha sucessória ao trono, criou a Sentebale depois de visitar Lesoto em 2004 e ver por si mesmo as crianças afetadas pela epidemia de HIV/Aids, o que o levou a filmar um documentário ali em 2005.

Fonte: O Globo - dia 11/07/2017
por Sabah Hussain (Reuters)


quarta-feira, 21 de junho de 2017

Campanha Cobertor SAPE 2017 - Faça uma doação de cota

Na última quarta-feira do mês de maio, dia 31, completamos a entrega para cada uma das nossas crianças assistidas de um cobertor. As peças adquiridas e entregues tem um padrão de qualidade (antialérgicas, antimofos e facilmente laváveis com costuras nas laterais) e possuem o selo de sustentabilidade, fabricados com fibras sintéticas originadas do processo de reciclagem de garrafas pet. A necessidade de ser nesse padrão é por conta da baixa imunidade de nossas crianças que precisam estar sempre bem protegidas da friagem. 

Demos muita sorte com a antecipação da aquisição e entrega, pois sabemos que estamos ajudando a amenizar o frio das nossas crianças nessa friagem intensa dos últimos dias. Isso feito, agora é hora da campanha para arrecadar os recursos financeiros para cobrir as despesas com a compra dos cobertores. A campanha irá até o final de julho 2017. 

Contamos com a contribuição de quem puder. A cota básica é de R$ 25,00 equivalente ao preço próximo de um cobertor e pode ser depositada diretamente na conta da SAPE - Banco do Brasil, Agência Praça da Bandeira (cód. 0093-0) - Conta nº 41.418-2, Beneficiário - Sociedade dos Amigos da Pediatria do Hospital Gaffrée e Guinle (HUGG). 
Aqueles que colaborarem e quiserem receber um bottom eletrônico de agradecimento, personalizado com seu nome, é só nos informar por email  - sape.amigos@terra.com.br  - , enviando cópia do depósito da doação ou a informação do número de cota (s) doada(s), data e número do registro do depósito para que possamos emitir o seu bottom de agradecimento.

quarta-feira, 14 de junho de 2017

Prestando contas do Sábado Solidário mês junho 2017


Com a animação de sempre, realizamos mais uma Sábado Solidário da SAPE no último dia 10junho. Contamos com expressivo envolvimento de amigos que totalizou 48 pessoas, entre os doadores que foram lá na SAPE levar suas doações, seus acompanhantes, os voluntários e aqueles que por algum motivo não puderam estar presentes e fizeram suas doações via depósitos bancário diretamente na conta corrente da SAPE. 


O movimentado dia resultou na arrecadação de 417 itens, centrados na nossa maior demanda do mês que é o Leite de fórmula especial Nestogeno 1 e o Leite integral. 

Por ser mês par contamos com a presença de amigos Motociclistas alinhados a nossa causa, com destaque aos Tribalhistas MC que, na comemoração de seu aniversário no dia 27 maio, arrecadaram  109 cotas de leite e outros itens. 
Também merece destaque a vinda de novos doadores, sendo que um deles trouxe uma volumosa arrecadação que foi coletada junto aos amigos, que anualmente lhe pedem para fazer o imposto de renda de graça e esse ano ele cobrou uma contribuição de uma lata de leite para a SAPE. Assim como a atitude de uma conhecida de um dos nossos tradicionais doadores que ao comemorar seu aniversário, pediu para que não lhe desse presente, mas que doassem uma lata de leite para a SAPE. 

Ainda como resultados do movimentado dia, evoluímos nas discussões sobre os temas que estavam pautado para o dia como;

  • Preparação da Festa do Dia das crianças 2017 – todos concordarem que, devido ao perfil de idade do grupo de crianças atualmente assistidas pela SAPE se concentrando na faixa até 6 anos de idade, é preciso se repensar as atividades para atender mais diretamente esse grupo. Também se discutiu se a festa deva ser aberta a convidados, não se conseguindo chegar ainda numa conclusão. Todos se comprometeram a pensar no assunto e enviar sugestões a SAPE via email sape.amigos@terra.com.br  
  • Campanha do cobertor – foi opinião geral que é preciso massificar a campanha de arrecadação de fundos para cobrir as despesas com a compra dos cobertores por meio da email dirigidos e via mídias sociais. A campanha irá até o final do mês de julho 2017;
  • Mobilização para o aumento da arrecadação de leite – ficou mais uma vez entendido que isso deve ser a prioridade e que ações como distribuir foder sobre o Sábado Solidário, mandar vários email circulares e usar ao máximo as redes sociais e incentivar os amigos doadores a promoverem campanhas junto a suas redes de relacionamento pessoais, mobilizando-os a se engajarem na nossa causa, como vem sendo feito com grande êxito por alguns amigos.

É importante que todos saibam que, se não pode comparecer ao Sábado Solidário, ainda tem como fazer sua doação entregando-a diretamente na SAPE, que fica localizada na ala da Pediatria do Hospital Gaffrée e Guinle (com entrada pelos fundos do hospital na Rua Silva Ramos, 100) ou podem fazer a doação via depósito bancário na conta corrente da SAPE no Banco do Brasil (001). Agência 0093-0, Conta 41418-2, CNPJ 068.621.556/0001-39.




quarta-feira, 7 de junho de 2017

Vamos lá! Sábado Solidário da SAPE no dia 10 junho.


No próximo dia 10 de junho, teremos o Sábado Solidário da SAPE. Estamos te esperando para aquele papo e ouvir sua opinião, ajudando a aprimorar e melhorar a atenção aos nossos assistidos. O lema dos nossos Sábados Solidários é “quando os amigos se encontram”. Se você ainda não participou de um SSS e queira conhecer sua dinâmica e resultados clique aqui.

Nossa demanda esse mês é de leite Especial Tipo Nestogeno 1. Não podendo comparecer e querendo ajudar, pode fazer um depósito em nossa conta corrente: Banco do brasil (001). Agencia: 0093-0, conta: 41418-2, CNPJ: 068.621.556/0001-39.

Por ser mês par, esperamos a presença dos amigos Motociclistas alinhados a nossa causa.

A pauta básica desse sábado será:

  • Campanha do cobertor - mobilização
  • Início das discussões sobre a Festa do Dia das Crianças em outubro de 2017
  • Formas de mobilização visando o aumento da arrecadação de leite
  • Prestação de contas dos nossos últimos resultados

Nossa demanda esse mês é de leite Especial Tipo Nestogeno 1. Não podendo comparecer e querendo ajudar, pode fazer um depósito em nossa conta corrente: Banco do brasil (001). Agencia: 0093-0, conta: 41418-2, CNPJ: 068.621.556/0001-39.

Por ser mês par, esperamos a presença dos amigos Motociclistas alinhados a nossa causa.

Mais detalhes e informações escreva para a SAPE email.: sape.amigos@terra.com.br 

segunda-feira, 5 de junho de 2017

ONU e governo defendem que debate sobre AIDS saia das esferas de especialistas e chegue até a sociedade

Foto: UNAIDS Brasil/Rafael Neddermeyer
Em evento que reuniu em São Paulo, na terça-feira (30), youtubers e ativistas para discussões sobre juventude, direitos e HIV, representantes do governo e especialistas defenderam que o debate sobre a epidemia de AIDS precisa mobilizar a sociedade civil. Encontro foi o primeiro da série de conversas #EseFosseComVocê, uma iniciativa do Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/AIDS (UNAIDS). Diálogos foram moderados pela jornalista Glória Maria que, no mesmo dia, foi nomeada embaixadora da Boa Vontade da agência da ONU.

Antes das conversas, a diretora do Departamento de Infecções Sexualmente Transmissíveis, AIDS e Hepatites Virais do Ministério da Saúde, Adele Benzaken, lembrou dos avanços do Brasil contra o HIV. Um dos progressos mais recentes foi a decisão da pasta federal de incorporar o dolutegravir e a profilaxia pré-exposição (PrEP) no Sistema Único de Saúde.

Apesar das conquistas, o preconceito e a discriminação com indivíduos soropositivos perduram, alertou a especialista. “Nesse quesito, artistas, jornalistas, atletas e celebridades têm um papel fundamental, porque eles emprestam sua voz, seu talento, sua beleza e sua arte para formarem opinião e com isso contribuem para mudar essa realidade.”

Leia mais 

Fonte: Site ONU Br 

sábado, 27 de maio de 2017

Nosso Sábado Solidário de 13 maio, virou quase uma festa!


Há muito tempo não víamos tantos motociclistas juntos, mais de 20, alguns com suas garupas e com suas motocas azeitadas e brilhantes, quase um evento. Além dos sempre e tradicionais colaboradores que todo mês lá estão nos apoiando com aquele sorriso e satisfação em levar sua doação que fazemos chegar aos nossos assistidos. Alguns novos doadores, vindos de forma espontânea ou trazidos pelos mais antigos, e assim vamos formando a corrente boa da SAPE.  E por ser véspera do Dia das Mães, a SAPE entregou uma mensagem as mães presentes no dia, extensiva a todo as mães que nos apoiam.

Muita gente participando, filhos, netos, vovós, tias e cunhados... Com esse apoio todo, mais de 314 itens de contribuição foram arrecadados o que irá ajudar a fazer frente às necessidades da gurizada atendida pela SAPE, no mês de maio. Mais uma vez o nosso agradecimento e parabéns aos que contribuíram e sempre que possível, tragam mais gente para contribuir.

Como registro de resultados do dia tivemos o envolvimento de mais de 67 pessoas sendo que 53 estiveram presentes no Sábado, contabilizando-se os 6 novos doadores. No total dos envolvidos, consta os 14 amigos que fizeram o depósito na conta corrente da SAPE, contabilizados até o dia 15 maio e que nos proporcionou uma arrecadação financeira de R$ 2.135,00.  Detalhes no quadro ao final.

Agora temos sempre aquele cafezinho para recepcionar os amigos e estimular as boas discussões e decisões em grupo. Decidimos lançar em junho/2017, a campanha de arrecadação de cotas, no valor de R$ 25,00, para cobrir a despesa que iremos realizar com a aquisição de cobertores para serem entregues já em maio aos assistidos, pois o frio esse ano se antecipou um pouco. Avançamos nos debates e ouvimos boas ideias para implementar no novo Projeto da SAPE – Diálogo sobre a escola da gurizada com os responsáveis.


As necessidades de nossa gurizada assistida são como um buraco sem fundo, nem pensem que um dia vamos encher, todo mês precisamos correr atrás pois distribuímos cerca de 600 latas de leite.  Lembrem-se que qualquer hora é hora de contribuir. Caso não possa levar pessoalmente sua doação por algum imprevisto e queira ajudar, pode usar o recurso do depósito bancário na conta da SAPE: Banco do Brasil (001), Agência: 0093-0, conta: 41418-2 a favor da Sociedade dos Amigos da Pediatria do HUGG


sexta-feira, 12 de maio de 2017

Não deixe de comparecer no Sábado Solidário

Amigos, nosso Sábado Solidário de maio/2017, acontecerá no dia 13 e como sempre, é uma grande oportunidade de batermos aquele papo.

A SAPE atende mensalmente cerca de 100 crianças que consomem aproximadamente 600 cotas de leite de 400gr (480 de leite integral e 120 Nestogeno 1 e 2) e outros itens já cobertos por amigos. Para completar o que falta, passamos por aqui para convidá-lo a comparecer ao nosso Sábado Solidário que acontece sempre no segundo sábado de cada mês.

Nossa necessidade esse mês é de Leite em pó INTEGRAL.

Não podendo comparecer e querendo ajudar, pode fazer depósito em nossa conta corrente: Banco do Brasil (001), Agência: 0093-0, conta: 41418-2 a favor da Sociedade dos Amigos da SAPE.

Qualquer dúvida pode nos escrever email: sape.amigos@terra.com.br

segunda-feira, 8 de maio de 2017

Uma manhã especial no Parque Madureira

No dia 07/maio, estivemos presentes em uma manhã muito especial, comemorando o aniversário de um ano de Noah. Seu pai Maxwel Menezes programou uma corrida junto a Equipe da Max Trainer, no Parque Madureira, onde cada um dos participantes contribui com a doação de uma lata de leite. 

 
Foi com muita alegria que os Diretores da SAPE Orlando Pereira e Fernando Moutinho foram presenciar e participar dessa alegre manhã de domingo voltada para correr, caminhar, ajudar o próximo e comemorar o primeiro ano de vida do NOAH.

O evento foi um sucesso em alegria e nos resultados para a SAPE que conseguiu arrecadar 75 latas de leite que em muito irá ajudar na preparação das cotas mensais de nossos assistidos.

Fica a dica da ideia para quem quiser montar um evento para ajudar a SAPE.

quinta-feira, 13 de abril de 2017

Prestando contas de mais um Sábado com espírito alegre e solidário - abril 2017

É sempre um dia muito esperado o nosso Sábado Solidário e o último, dia 08/abril, não foi diferente. Novamente, pudemos conviver com um grande espirito solidário e de alegria, encontrar os amigos, recepcionar suas doações e bater aquele animado papo, dando uma visão dos avanços e oportunidades no desenvolvimento dos trabalhos da SAPE em prol de suas crianças assistidas.

O dia teve um envolvimento de cerca de 56 amigos, dos quais 38 estiveram presentes no dia, proporcionando a arrecadação de cerca de 286 itens, sendo que 63% dos itens arrecadados, são relativos a nossa maior necessidade nesse mês, que é o leite em pó integral. Não podemos deixar de falar, também, da boa arrecadação financeira registrada em nossa conta corrente, realizada por aqueles que não puderam estar presentes, ou que, por uma decisão pessoal, resolveram fazer a doação via depósito bancário na conta da SAPE. E por ter sido um mês par, contamos com a presença dos amigos Motociclistas alinhados a causa. 


Merece destaque, a vinda de novos amigos, alguns convidados por doadores longa data. A chegada de novos doadores, nesse momento difícil que todos estamos vivenciando, muito ajuda a manter o padrão do atendimento aos nossos assistidos sem elevar o peso sobre aqueles tradicionais doadores.
Os valores depositados na nossa conta corrente, ajudam a cobrir as despesas operacionais da SAPE e, principalmente, permitir a aquisição de leites especiais de custos elevados para suprir demandas pontuais e emergenciais, além de também custear alguma demanda urgente de apoio direto à Pediatria do Hospital, como um exame específico que só possa ser feito na rede privada.

Em paralelo à realização desse nosso Sábado Solidário, também celebramos o apoio do 147 Fiat Clube do RJ, que realizou um evento com a apresentação dos veículos dos aficionados por este modelo de carro que foi muito popular no país e traz boas lembranças para muita gente. A Direção da SAPE se dividiu para participar do evento, que teve 40 exemplares do modelo fiat 147 expostos. Em numa atitude solidária, os organizadores, estipularam como taxa de inscrição dos veículos a doação de 2 latas de leite para a SAPE.

Foi mais um dia de grande satisfação por recepcionar os presentes, ter o contato direto e a oportunidade de rever alguns velhos amigos. Recebemos a visita do Diretor Geral do Hospital Gaffrée e Guinle -  Dr. Fernando Ferry - que nos deu posição de alguns avanços da sua gestão e nos falou das atuais dificuldades que o Hospital está enfrentando pela falta de repasse dos recursos. A SAPE se colocou pronta a colaborar no processo de mobilização para reverter o risco de qualquer situação que prejudique o bom funcionamento do Hospital.

Nossos Sábados Solidários, sempre acontecem no segundo Sábado do mês; fiquem atentos para o próximo, que acontecerá no dia 13 maio (segundo sábado), véspera do dia das Mães e que teremos uma novidade. Lembramos que as doações podem ser entregues diariamente – 2ª. às 6ª. Feiras, das 9 às 13hs, na sala da SAPE e os depósitos financeiros podem ser feitos em nossa conta corrente: Sociedade dos Amigos da Pediatria do HUGG, Banco do Brasil (001), Agência 0093-0, Conta Corrente 41.418-2.

quarta-feira, 12 de abril de 2017

Situação HIV preocupante - Avanço entre mulheres acima de 60 anos


Entre 2005 e 2015, a participação das mulheres acima de 60 anos entre as pacientes diagnosticadas com HIV aumentou de 2,9% para 6,4%. Viagra, apps de namoro e menopausa contribuem para esse avanço.

Viagra, aplicativos e menopausa
Os idosos hoje vivem uma vida muito mais ativa do que antes do surgimento da Aids.

Por um lado, as drogas para disfunção erétil, como o Viagra, possibilitam uma vida sexual mais longa para o homem. Por outro lado, a mulher que já passou pela menopausa acredita que, por não correr riscos de uma gravidez indesejada, o uso da camisinha se torna desnecessário. Há ainda a popularização dos aplicativos de namoro, permitindo que pessoas se conheçam e se relacionem com mais facilidade.

A tudo isso, soma-se o fato de parte da população ainda acreditar que só são suscetíveis ao vírus aqueles que no passado eram conhecidos como "grupo de risco", ou seja, homossexuais, profissionais do sexo e viciados em drogas.
Pensando assim, muita gente se expõe ao contágio, aumentando cada vez mais o número de heterossexuais soropositivos, por exemplo.

Entre os heterossexuais, a mulher é mais propensa à contaminação do HIV
Dentre esses heterossexuais, a mulher está mais propensa à contaminação do HIV. O ginecologista Salviano Brito explica que isso se deve à anatomia: "A mucosa da vagina funciona como uma esponja, tornando mais fácil a contaminação de doenças, seja por vírus, bactéria ou fungo".
Ele lembra ainda que durante o ato sexual é comum acontecerem lesões no órgão, potencializando os riscos de contágio. Leia mais clicando aqui

Fonte: BBC - Brasil - 
Dia: 02 abril 2017

segunda-feira, 10 de abril de 2017

Mais um parceiro se junta à SAPE - 147 FIAT Clube


Proprietários do modelo de carro 147 FIAT e membros do 147 FIAT Clube RJ, são os mais novos parceiros da SAPE e promoveram um encontro, no sábado (08 abril 2017), na Rua Uruguai, 150 - Tijuca RJ, onde foram expostos cerca de 40 veículos. 

Com uma atitude solidária, eles estipularam como taxa de inscrição a doação de 2 latas de leite para a SAPE o que proporcionou a arrecadação de cerca de 72 cotas de 400gr de leite (20 lts leite 400g, 50 sc 400g de leite e 1 de 800g). 

O Representante da SAPE presente ao evento, Fernando Moutinho, pessoalmente pode agradecer a todos, destacando a bela iniciativa que além da arrecadação do leite, que faz bastante falta, pontuando que eventos como este, é sempre uma oportunidade de fazer novos amigos, divulgar a discussão sobre prevenção do HIV e, principalmente, fazer crescer nossa rede de apoiadores solidários a SAPE.

terça-feira, 4 de abril de 2017

Médicos preveem encontrar cura para o HIV até 2020

"Paciente vive bem com medicação, mas pesquisadores querem eliminar vírus em definitivo"


Médicos, biomédicos e pesquisadores da amfAR, a Fundação Americana para Pesquisa da Aids, entidade sediada Estados Unidos, trabalham duro para encontrar uma cura para o HIV e dizem acreditar que uma solução deve chegar até 2020.

Isso não significa que as pessoas infectadas serão prontamente curadas a partir desta data. Quer dizer apenas que, nos próximos anos, os pesquisadores deverão encontrar um método científico válido.

Em 2015, a amfAR anunciou o investimento de US$ 100 milhões (R$ 313 milhões) em pesquisas relacionadas à doença.

O principal foco da instituição é desenvolver um método para exterminar os chamados reservatórios de HIV. Entre os pacientes infectados que tomam medicamentos antirretrovirais, o vírus fica escondido e “dormente” nesses reservatórios.

O paciente que toma o coquetel leva uma vida praticamente normal, quase sem efeitos do vírus. Porém, para os cientistas, o sucesso do tratamento só ocorre se o HIV estiver completamente eliminado do corpo. Leia mais 

Fonte: Notícias R7.com - Saúde
Dia - Atualizado em 2/4/2017 às 11h29