quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Feliz 2011

Esperando estarmos junto durante o ano de 2011.

SAPE no twitter - www.twitter.com/sapeamigos
Novidades e ações da SAPE. Siga-nos



segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

AIDS: aumenta incidência de HIV entre jovens de 17 a 20 anos, aponta Ministério da Saúde

EM RIO CLARO -SP, 50% DOS NOVOS CASOS DE AIDS NO ANO DE 2010 SÃO DE JOVENS NA FAIXA ETÁRIA DOS 17 AOS 25 ANOS

Pesquisa divulgada pelo Ministério da Saúde aponta que os jovens têm elevado conhecimento sobre prevenção da Aids, mas a tendência é de aumento de casos.

Levantamento feito com 35 mil jovens aponta que a prevalência do HIV entre jovens de 17 a 20 anos passou de 0,09% para 0,12%. Quanto menor a escolaridade, maior o percentual de infectados pelo vírus (prevalência de 0,17% entre os que têm ensino fundamental incompleto e de 0,1% entre os que têm ensino fundamental completo).

Em Rio Claro, segundo Neide Heloisa Outeiro Pinto, do Programa Municipal de DST/Aids/Hepatites Virais, 50% dos novos casos no ano de 2010 são de jovens na faixa etária dos 17 aos 25 anos.

Apesar da grande gama de informações oferecidas a toda população rio-clarense, com trabalhos programáticos de prevenção, ações preventivas pontuais, campanhas, inclusive pelos veículos de comunicação, a realidade aponta que a incidência das DSTs tem aumentado na faixa etária dos jovens.

Um estudo feito em 2008 indica que 97% das pessoas de 15 a 24 anos sabem que o preservativo é a melhor alternativa de evitar a infecção pelo HIV, mas o uso cai à medida que a relação se torna estável.

Para mitigar este quadro, Neide conta que o município de Rio Claro tem realizado trabalhos de prevenção em escolas, empresas, testagem para diagnóstico precoce, acolhimento nas unidades de saúde, CTA e SAE, disponibilização de insumos de prevenção (preservativos), trabalhos de prevenção com insumos durante eventos comemorativos onde principalmente a população jovem se encontra.

“Durante as ações de prevenção, enfatizamos a questão da vulnerabilidade a que todos são suscetíveis, tendo em vista que o melhor método de prevenção se faz através da conscientização de cada um e o cuidado do mesmo para com sua saúde”, conclui Neide.
Com o objetivo de acabar com o preconceito e conscientizar os jovens sobre comportamentos seguros de prevenção contra a Aids, o Ministério da Saúde lançou neste ano a campanha O Preconceito como Aspecto de Vulnerabilidade ao HIV/Aids. O público-alvo da campanha são jovens de 15 a 24 anos.

A campanha também quer deixar claro que qualquer pessoa pode ser infectada pelo vírus HIV, independente da aparência que tenha. Com o slogan “A Aids não tem preconceito. Você também não deve ter”, a ideia é despertar o jovem para a proximidade da doença com o mundo dele.

O Dia Mundial de Luta contra a Aids foi comemorado em 1º de dezembro.

Referência: Ana Ligia Noale - 24/12/2010

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

sábado, 18 de dezembro de 2010

Festa Natal SAPE_dezembro 2010

A tradicional Festa de Natal para as crianças assistidas pela SAPE, novamente foi um grande sucesso. Aconteceu no dia 16dezembro2010, nas instalações cedidas pelo Tijuca Tênis Clube e com a presença de 108 responsáveis (adultos) e mais de 115 crianças assistidas, fora muitos irmãos acompanhantes. Como sempre, a animação foi geral, com muitas brincadeiras, lanches e bebidas a vontade, sem falar do tradicional biscoito Globo, mais uma vez doado pelo fabricante com muito carinho.

Brinquedos, o mote para as crianças numa Festa de Natal não faltou. A novidade da festa foi a “mão no saco do Papai Noel”, onde todas as crianças puderam pegar um lembrançinha fazendo uma enorme farra. Houve sorteio de 15 lindas bonecas e carrões, assim como uma camisa oficial do CRVG e uma retro do Dinamite, DVD e kit do CRVG entregues e até autografados pelo Padrinho da SAPE - Roberto Dinamite - também presente na Festa, e com sua simpatia, deu dezenas de autógrafos e tirou muitos retratos, com os pequeninos e adultos, numa demonstração de que os nossos assistidos, o reconhecem no ídolo um grande padrinho da causa.

Mas não foi só a lembrancinha do saco, ou a do sorteio que a gurizada levou para casa. Todos os inscritos no Programa da SAPE, também ganharam um presente de Natal composto de um kit personalizado com roupas, sapatos e um brinquedo. Como acontece todos os anos, os kit foram montados e doados pelo grupo de amigos da Petrobrás, mobilizados pela nossa Madrinha – Filomena.

Teve também o kit de higiene bucal, distribuídos a cada criança, que ao pegar tinham declaravam o compromisso de escovarem os dentes e responder se gostavam de escovar e se estão indo ao consultório da Dra. Márcia Romanach que é a nossa dentista voluntária que assiste todas as crianças maiores de 5 anos da SAPE. A resposta foi unânime de que gostam muito de ir na Dra. Márcia, complementado com frases do tipo “ela é muito bacana, brinca com a gente e nem dói passar no dente aquele negócio que faz barulhinh".

Cada responsável por criança da SAPE, recebeu sua cesta de NATAL composta só por itens natalinos, doadas pelo Carlos - Vectorial Seguros, nosso Padrinho das cestas que nos últimos 3 anos vem fazendo regularmente essa doação.

Animação e alegria foi uma constante na festa, conduzida pela animadora profissional - Tia Lilica - que doa seu trabalho a SAPE por carinho as nossas crianças. Pula, pula e muita música não deixou ninguém parado. Só nossa Fada é que não pode estar presente por problemas de saúde e até causou surpresa a gurizada que questionaram “a Fada é tão boa, por que ela fica doente”?

O bom velhinho Papai Noel na sua elegância num calor de mais de 30 graus teve fôlego de entregar pessoalmente a cada criança o pacote do presente de Natal doado pelos amigos da Petrobrás. Toda a Festa foi coberta com recursos doados por diversos parceiros e amigos, que proporcionaram mais um grande momento comemorativo, lúdica e educativo da SAPE, voltado aos seus assistidos. No encerramento da festa, recebemos muitos abraços, obrigado pela festa e votos de um Feliz Natal a todos.

Parceiros da Festa de Natal da SAPE


segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Restaurante Manekineko - mais uma ação solidária

No próximo dia 17 de dezembro de 2010, toda a rede do Restaurante Manekineko, parceira da SAPE, estará promovendo mais uma edição do Monte Fuji Day.


O valor recebido com a VENDA do prato Monte Fuji será revertido para as instituições parceiras do Manekineko (Inca, ABBR, SAPE e Casa São João Batista). Não deixe de ir deliciar uma saborosa comida japonesa (no horário do almoço ou do jantar) e ser solidário com a nossa causa – ABRACE ESTA CAUSA.

Bairros onde você pode encontrar uma filial do Restaurante Manekineko – Barra, Humaitá, Itanhangá, Tijuca e Leblon. Acesse aqui os endereços dos restaurantes

sábado, 11 de dezembro de 2010

Sábado Solidário da SAPE - resultados dia 11dez2010

Mais um Sábado Solidário da SAPE é sucesso. Com a presença de vários amigos doadores e de motociclistas alinhados a nossa causa – ABRACE ESTA CAUSA e que promovem as visitas bimestrais a SAPE.

Presentes estiveram cerca de 20 doadores, contando com os motociclistas e que proporcionaram mais uma forte arrecadação de doações, como apresentado no quadro detalhe abaixo.


Tivemos a oportunidade de um contato direto com todos. Alguns dos presentes são tradicionais doadores e não conhecíamos pessoalmente, sendo uma ótima oportunidade para trocarmos idéias sobre os trabalhos da SAPE, prestar esclarecimentos e mostrar os bons resultados do ano de 2010 que só foram possíveis por existir essa rede de apoiadores.

Junto com o grupo de motociclistas, fizemos uma avaliação dos resultados da Festa do Dia das Crianças, que ocorreu em outubro de 2010. Discutimos formas de melhorar os resultados da mesma. Houve unanimidade quanto aos resultados positivo da aproximação dos motociclistas com as crianças, a alegria e carinho dessas com o grupo. Alguns até citaram as relações construídas com a gurizada, onde já são conhecidos pelo nome e que a aproximação já não passa somente pela famosa “voltinha”, mas por um contato amigo, de carinho mutuo e mais direto.

Também foi citada a mobilização e participação dos motociclistas, individualmente e em seus motoclubes que já tem a festa do Dia das Crianças da SAPE como um ícone de evento de solidariedade e que pode servir de modelo para outras ações junto a outras entidades de assistência.








quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

1a. dezembro - Dia Mundial de Luta contra AIDS

A Aids matou no ano passado cerca de dois milhões de pessoas no mundo, mas 2010 traz um certo otimismo com a redução de novas infecções, os novos tratamentos contra a doença e os meios adicionais para prevenir a transmissão.

Neste Dia Mundial de Luta contra a Aids (1º), os especialistas e as associações recordam que, desde o início da epidemia, cerca de 30 milhões de pessoas morreram no mundo por causa desta doença. No entanto, as novas transmissões reduziram 19% desde 1999, alcançando a cifra de 2,6 milhões em 2009, segundo a Unaids.

Além disso, o acesso aos tratamentos se ampliaram: mais de 5,2 milhões de pessoas tiveram acesso a antirretrovirais nos países em desenvolvimento, quando em 2004 não chegavam aos 700.000 beneficiários.

No entanto, o diretor executivo da Unaids, Michel Sidibé, recordou que 10 milhões de pessoas continuam à espera de um tratamento e os avanços obtidos até agora são muito frágeis por causa da situação financeira mundial.

Atualmente existe uma série de ferramentas para a prevenção e redução de riscos: o preservativo, tratamento de doenças sexualmente transmissíveis, conhecimento de seu status sorológico graças à detecção, à circuncisão masculina, programas de troca de seringas e meios terapêuticos de substituição da heroína para os viciados.

Mas na falta de uma vacina, os pesquisadores tentam acrescentar novos métodos a este arsenal. Um dos mais promissores é a utilização dos antirretrovirais em pessoas não infectadas. Também está se ensaiando um gel microbicida que cria uma "esperança para toda uma geração de mulheres", segundo Sidibé.

Publicado em julho passado, o estudo realizado pelo centro Caprisa em mulheres sul-africanas demonstrou que um gel vaginal microbicida a base de Tenofovir (um antirretroviral) reduz em 39% o índice de infecção sexual.

Recentemente, um estudo clínico publicado no New England Journal of Medicine demonstrou que uma dose cotidiana de uma combinação de antirretrovirais, tomados por via oral, reduz em 44% o risco de infecção pelo vírus responsável pela Adis (HIV) nos homossexuais.

Pesquisadores franceses e canadenses também falam de um tratamento 'a la carte', ou seja, administrável quando a pessoa (homossexual masculino) for manter uma atividade sexual.
Além das experiências com animais, outros dados médicos apoiam esta estratégia: desde 1994 já foram utilizados com êxito os antirretrovirais para reduzir o risco de transmissão do vírus da mulher grávida a seu filho e nos casos de exposição acidental ao vírus (por exemplo, usando uma agulha contaminada).

Os tratamentos (triterapêuticos) que reduziram espetacularmente a mortalidade nas pessoas infectadas pelo HIV também reduzem as quantidades de vírus no sangue e no esperma, o que contribui para limitar seu contágio.

Por fim, outra boa notícia é que uma pesquisa do Instituto de Métrica e Avaliação de Saúde da Universidade de Washington revela que as nações ricas quadruplicaram o financiamento de programas de saúde nos países pobres entre 1990 e 2010, fundamentalmente graças à maior conscientização da necessidade de lutar contra o HIV/Aids.
Fonte: Uol Ciência e Saúde - Notícias