quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Como curtir a folia com segurança - em meio a multidões

Foi divulgado no site da Prefeitura do RJ uma entrevista com especialista sobre os cuidados para se evitar problemas no meio de multidões em especial nos blocos. Reproduzimos a entrevista e acrescentamos um item fundamental quanto a precaução com a prevenção de Doenças Sexualmente Transmissíveis - DST’s.

Reprodução da entrevista do especialista no Site da Prefeitura do RJ - acesse aqui
Foto de Paulo Múnia - Bloco Viralatas - Reprodução do Site Prefeitura


“O Carnaval 2012 está chegando e o Rio de Janeiro se prepara para receber os inúmeros blocos de rua que enchem de alegria os milhares de foliões de todos os cantos do mundo. E quando se fala em carnaval é difícil não lembrar das multidões que acompanham os desfiles, seja pelas ruas ou praças públicas. Mas para cair na folia de maneira mais segura e evitar qualquer problema convidamos o especialista em gestão de multidão, Fernando Saldanha, que nos deu algumas dicas úteis.

A primeira coisa a se fazer é tentar se familiarizar com o local. Para isso a dica é usar o googlemaps para conhecer o itinerário do bloco. Uma boa ajuda é obter essas informações através do nosso site de carnaval, onde os blocos estarão localizados por um mapa interativo.

Segundo Fernando, o que as pessoas devem procurar em eventos com grande quantidades de pessoas é ter o mínimo de conforto. “O conforto neste sentido deve ser pensado como o espaço de um guarda-chuva. Se a pessoa consegue obter esse mínimo de espaço no meio do bloco, com certeza irá se sentir mais segura”, afirma o especialista.

No entanto, sabemos que por vezes é difícil ter esse espaço ideal. A dica então é ter paciência e tolerância com esbarros ou encontrões, além de procurar acompanhar o ritmo do desfile. “O ideal é que as pessoas acompanhem o bloco no mesmo ritmo. Quando isso não acontece é comum que as pessoas sejam pressionadas e tenham desconforto”, comenta Fernando, que ainda diz que outra forma de evitar problemas é não largar nenhum tipo de objeto durante os blocos, pois estes representam obstáculos para quem vem atrás.

Para os blocos infantis, é imprescindível identificar as crianças com algum tipo de adesivo ou cartão, além de nunca sair de perto delas e evitar lugares muito cheios.

Dicas básicas para se dar bem no Carnaval de Rua
1- Fazer uma identificação prévia do local onde está e se familiarizar com ele.
2- Evitar locais onde esteja desconfortável. Caso se sinta preso ou pressionado, opte por se afastar um pouco do palco ou do trio elétrico.
3- Procurar localizar os organizadores (Agentes da Guarda Municipal e Polícia Militar). Estas pessoas estarão prontas para tirar qualquer dúvida, tais como: onde pegar um táxi ou transporte público e até onde estão os banheiros.
4- Evitar carregar mochilas ou grandes objetos, mesmo que adereços.
5- Preferir roupas com bolsos fechados para evitar perder objetos pessoais.
6- Levar apenas um documento de identidade.”

Como o carnaval é um momento de muita diversão e oportunidades, é também apontado como o período de maior contágio por Doenças Sexualmente Transmissíveis – DST, a SAPE entusiasmada com as idéias básicas apresentadas pelo especialista Fernando Saldanha, acrescenta um item com o objetivo de conscientizar a todos a ficarem bem com sua saúde no meio da folia.

“Não saia de casa sem levar a sua camisinha, seja para você usar ou oferecer ao parceiro, independente da idade, sexo, raça e orientação sexual. Curta o carnaval com camisinha, em qualquer situação. É bom para sempre."

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Engajada, Preta Gil fez campanha contra a Aids em seu bloco

O Bloco da Preta já embala foliões desde às 14h na Avenida Rio Branco, no Centro da cidade. A cantora Preta Gil, acompanhada pela bateria Black com 34 ritmistas, anima seu público com músicas como "O canto da cidade", da Daniela Mercury, e o samba “Exaltação à Mangueira”. Segundo a Riotur, a estimativa de público é de 250 mil pessoas no trecho de 800 metros entre a Candelária e a Cinelândia.
Trajada com um vestido nude do estilista mineiro Victor Dzenk, completamente cravejado com cristais swarovski, a cantora fez questão de agradecer a presença dos foliões.

— O Bloco da Preta já é um dos cinco maiores do Rio por causa de vocês. Eu não esperava que o nosso bloco fosse crescer tão rápido. Eu sou a pessoa mais feliz do mundo — disse emocionada.

Engajada, Preta também fez campanha contra a Aids e as doenças sexualmente transmissíveis. Em seguida, deu puxões de orelha nos foliões que subiam em pontos de ônibus e em bancas de jornais entre as avenidas Rio Branco e Almirante Barroso.

— Vocês sabiam que o índice de Aids entre jovens de 15 a 24 anos aumentou 50 %? Vamos botar camisinha! — bradou, aplaudida pelo público. — Não subam em cima dos equipamentos públicos. Depois vocês não sabem porque a cidade fica destruída. Vamos festejar o carnaval com ordem — continuou ela.

Com repertório eclético, Preta Gil cantou funk, marchinhas de carnaval, axé, samba-enredo e músicas do Balão Mágico. Desatentos aos apelos da cantora, foliões deixavam muito lixo pelas ruas, como garrafas de água e latas de cerveja. Vendedores ambulantes não cadastrados também venderam bebidas durante toda a festa.

Fonte: Site Paraíba

12/02/2012 17h51min

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Sábado Solidário SAPE - dia 11 fevereiro 2012

Sábado 11-fev-2012 com muito sol e já próximo do carnaval com muitos blocos nas ruas do Rio de Janeiro, mas mesmo assim um expressivo número de doadores vieram prestigiar o Sábado Solidário da SAPE, que também contou com a presença de um grande comboio de motociclistas alinhados a nossa causa – ABRACE ESTA CAUSA que bimestralmente se mobilizam e partem da região do Lagos em direção a SAPE.

Foi um número expressivo de motociclistas que atravessaram a Ponte Rio Niterói em direção a SAPE e outros que vieram de diversos pontos da cidade. O comboio na ponte, indica que novamente devemos buscar o apoio da escolta da CCR Ponte e dos batedores da PM para acompanhar e dar cobertura ao grupo no percurso.

Foi uma manhã de muitas arrecadações e pela primeira vez batermos o marco de recebimento de mais de 1000 itens distribuídos entre leite, complementos alimentares infantis e itens de cesta básica, num só Sábado Solidário. Além da arrecadação financeira de R$ 230,00 e de 3 (três) kit escolares composto de mochila, 4 cadernos, 1 conjunto de lápis, 3 conjunto de caneta e de lápis, 1 tesoura, 1 conjunto de giz de cera com doze unidades.


Foto da torre do Hospital Gaffrée e Guinle publicada no blog Baião de Idéias quando do Sábado Solidário da SAPE em abril/2011 - acesse aqui

O próximo Sábado Solidário da SAPE será no dia 10 de março de 2012, Agende!!!